arrow_drop_down
Sua igreja usa o WhatsApp na Comunicação?

Sua igreja usa o WhatsApp na Comunicação?

✅✅Se sua igreja ou ministério NÃO UTILIZA o WhatsApp em sua estratégia de comunicação, sinto dizer. Vocês estão errando feio.


✅O WhatsApp está presente em 99% dos telefones com acesso à Internet no Brasil*. Trago para vocês aqui dados de pesquisas relevantes mundialmente e no Brasil. 


✅Conheço diversas igrejas que já utilizam o WhatsApp como fonte de comunicação com a MEMBRESIA. Principalmente nos momentos de lockdown, percebemos que têm sido uma ferramenta importante para informação, edificação e discipulado de pessoas que ainda não puderam estar nas igrejas presencialmente.


✅Vejo o WhatsApp como a principal mídia social de inclusão digital. Uma das histórias que ouvi, sobre uma lista de transmissão que era enviada diariamente em áudio. Com a reclamação dos membros que o áudio era incômodo e preferiam receber as mensagens em texto, o ministério adaptou para este formato. 


✅IMEDIATAMENTE receberam a mensagem em áudio de uma irmã pedindo que as mensagens continuassem a ser enviadas em áudio porque ela é ANALFABETA e somente com os áudios conseguia estar atualizada com os envios. Chorei. 


✅Mídias Sociais para igrejas e ministérios não são uma via de mão única. É uma troca. É um diálogo. É uma ferramenta importante para a expansão da mensagem que carregamos. Inclusive, independente do segmento que você atua.


✅O exemplo da minha igreja local, da @igrejabatistadalagoinha aqui em BH é a do meu @prmarciovaladao que envia por lista de transmissão, em média 5 devocional em vídeo por semana. Como é alentador receber as mensagens dele. E olha, ele começou esta estratégia tem cerca de 5 anos, não foi agora. Mas, nada impede que você comece a fazer isso hoje, esta semana em sua igreja local. 


✅Quem sabe captar o áudio da pregação do culto, subir como podcast e enviar o link no WhatsApp ou mesmo o próprio áudio para que as pessoas possam ouvir? Se te faltam argumentos para conversar sobre isso com sua liderança, trouxe alguns dados importantes para sua argumentação!


🟩Como diz a famosa frase: EU ACREDITO EM DEUS, PARA TODOS OS OUTROS TRAGA-ME DADOS! 


🟢3 aplicativos estão presentes na Home Screen (tela inicial do celular) dos telefones brasileiros: Facebook, Instagram e WhatsApp [em 30% ou mais dos smartphones. ** Atenção que na 2ª tela estão aplicativos como TikTok, Kwai e Nubank. 


🟢Qual APP o brasileiro abre mais vezes ao dia? WhatsApp - 53%.


🟢Em qual APP o brasileiro passa mais tempo todos os dias? WhatsApp - 28% e o Instagram - 25%, tá na cola. Por curiosidade, Telegram - 1%** .


🟢Qual APP mais utilizado para videochamadas? WhastApp 94%.


🟢O WhatsApp é a plataforma preferida de mídias sociais entre usuários de 16 a 64 anos no mundo todo! ***


🟢WhatsApp por faixa etária e olha que chocante! Os homens utilizam o aplicativo mais do que as mulheres! 

MULHERES

16 a 24 anos: 18,4%

25 a 34 anos: 23,1%

*35 a 44 anos: 26,2%

*25 a 54 anos:  27%

*55 a 64 anos: 25,6%


HOMENS

16 a 24 anos: 21,6%

25 a 34 anos: 24,2%

*35 a 44 anos: 27,8%

*25 a 54 anos:  27,8%

*55 a 64 anos: 26%



✅Pós-crédito:

*Pesquisa Panorama mobile Time/Opinion Box - fevereiro/2020 (antes da pandemia, imagine agora!)

**Panorama Mobile Time/Opinion Box - junho/2021. Pesquisa compilada do perfil do mestre dos dados: @rkiso! 

***Global Web Index via @rkiso! 


💚💚💚E uma ÓTIMA NOTÍCIA. Estou preparando um projeto incrível que será em grupo no WHATSAPP. Sim, GRUPO. Onde todos os dias compartilharei informações que não colocarei em LUGAR NENHUM e poderemos conversar sobre as temáticas. Anima participar? Já me envia inbox dizendo: Elis, quero fazer parte do seu grupo. Assim que estiver pronto te aviso em primeira mão! Bora?


💚Salve este post para referência futuras!


Elis Amâncio é jornalista, autora dos livros Mídias Sociais na Igreja e Comunicando o Reino. Pós-graduada em Marketing Digital e aluna especial do mestrado Estudos de Linguagens. Colunista do site Sala Musical. Atua em comunicação ministerial desde 2007. Ouça o podcast Comunicando o Reino e siga nas redes sociais.